< voltar

Vereador Edson Lopes participa de reunião sobre a Santa Casa do Rio Grande.

Vereador Edson Lopes participa de reunião sobre a Santa Casa do Rio Grande.
Vereador Edson Lopes participa de reunião sobre a Santa Casa do Rio Grande.
Vereador Edson Lopes participa de reunião sobre a Santa Casa do Rio Grande.

A situação financeira da Santa Casa do Rio Grande e a busca por soluções foram discutidas hoje no auditório da cardiologia do complexo hospitalar. A reunião foi proposta pela Câmara de Vereadores; na ocasião em que o município cedia o encontro sobre os 15 anos do Programa da Saúde da Família e reúne secretários de município de saúde do Estado.

Tendo em vista que o Hospital Santa Casa de Rio Grande é referência em traumatologia e atende toda região sul do Estado, a pauta é de extrema relevância para os demais municípios do entorno. Segundo o administrador geral do complexo, Regis Pinto "se estivermos mal, todos os municípios vão ficar mal" - se referindo a situação dos serviços oferecidos pelo hospital.

O secretário de município de saúde, Maicon Lemos, relatou que hoje o maior problema da Santa Casa é a falta de regularidade nos repasses pelo Governo do Estado, que chega a soma de R$ 2milhões em atraso.

Já o presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do RS (CONSEMS), Diego Espíndola, disse que a saúde no Estado está "a beira de um colapso", tendo em vista a realidade de outros hospitais e reforçou a importância do empenho de todos os agentes políticos para sensibilizar o Governo do Estado.

Como encaminhamento da reunião o presidente da Câmara, Charles Saraiva, propôs a elaboração de um documento onde todos os secretários de município das cidades da região se comprometam com a pauta da Santa Casa do Rio Grande e deem peso político e social ao tema. O documento será entregue ao Governo do Estado e ao Ministério da Saúde por uma comissão. A proposta prevê ainda o convite para que o Secretário de Estado em Saúde, João Gabardo, visite alguns municípios - entre eles Rio Grande - para conhecer a realidade do interior.

 

Por Sheron Nicolette